01/06/2015

Condenados

A 2ª Câmara Especial do Tribunal de Justiça de Rondônia, manteve a condenação do Estado a pagar indenização por danos morais aos policiais militares Adriano Costa Vasconcelos e Tedson de Souza Oliveira, que perderam parte da audição durante curso de tiro, sem o uso de protetores auriculares, para ingresso na carreira. 
Cada um vai receber R$ 30 mil, valor fixado na sentença do Juízo da 1ª Vara Cível da Comarca de Jaru e mantido pelo TJ/RO em julgamento  de recurso de apelação interposto pelo Estado.

Segundo o processo, os dois iniciaram o curso de ingresso na carreira de policial militar em 24 de novembro  de 2008, quando foram submetidos à junta médica militar com saúde perfeita.

Contudo, nas atividades no mês de abril de 2010, foram convocados para o curso prático de tiro, onde o capitão  responsável proibiu o uso de protetores auriculares no estande . Já nos primeiros disparos sentiram perda grande de audição, passaram mal e tiveram fortes tonturas. (Assessoria)
  
Pesquisa

O Palácio do Planalto teve acesso a uma pesquisa que avaliou a popularidade do governo. Nas palavras de um auxiliar da presidente Dilma Rousseff que teve acesso aos números, o resultado é preocupante. Pela primeira vez, a aprovação do governo Dilma está abaixo dos 10%, segundo a pesquisa. (G1)

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube