04/06/2015

Brs

Em todo país 10 mil policiais rodoviários federais estão trabalhando em pontos estratégicos no país na operação Corpus Christi, que começa hoje e segue até o próximo domingo. Em Rondônia caminhões pesados estão proibidos de circular hoje nos horários de maior movimento, mesmo que estejam vazios ou com autorização especial de trânsito. Essa proibição vale apenas para o dia de hoje. A desobediência pode render multa e mais 4 pontos na carteira. (Roni Viana) 
 
 Inflação 

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu subir nesta quarta-feira (3) os juros básicos da economia de 13,25% para 13,75% ao ano, um novo aumento de 0,50 ponto percentual. Foi a sexta elevação consecutiva da taxa Selic, que atingiu o maior patamar desde agosto de 2006, ou seja, em quase nove anos - quando estava em 14,25% ao ano.

Com uma taxa mais alta de juros, o Banco Central tenta controlar o crédito e o consumo, atuando assim para segurar a inflação. (G1) 
  
Feriado

Devido ao feriado de Corpus Christi, nesta quinta-feira (4), as repartições públicas estaduais pararam e só retornam as atividades na segunda-feira (8). Os serviços públicos essenciais, como saúde, bombeiros e segurança pública serão mantidos e permanecem inalterados neste período. A medida foi determinada no Decreto 19.463, assinado pelo governador Confúcio Moura, em 20 de janeiro, que estabelece os feriados e pontos facultativos que ocorrem durante todo o ano de 2015. (assessoria)

Extradição 

O Tribunal Administrativo Regional (TAR) do Lácio, em Roma, rejeitou o recurso do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato e manteve a extradição dele para o Brasil.

A sessão ocorreu às 11h no horário da Itália (6h no horário de Brasília) desta quarta-feira (3) e durou cerca de 30 minutos. A expectativa inicial era que a decisão fosse anunciada ainda na quarta.
Agora, o brasileiro deverá recorrer no Conselho de Estado, que é a segunda e última instância da Justiça Administrativa. O Brasil deve ter 20 dias para tirar Pizzolato da Itália, mas isso depende do Conselho de Estado, que pode suspender temporariamente a extradição ou deixar que ele volte para o Brasil enquanto analisa o caso. (G1)

Polêmica 

E a venda de sangue pelo hemocentros oficiais do governo para hospitais particulares, denunciada em primeira mão ontem no programa Comando Policial da TV Allamanda, continua repercutindo em todo Estado e, infelizmente, de forma negativa.

Doadores não aceitam que a doação de sangue seja tratada de forma comercial e em razão disso a TV Allamanda e a Clube Cidade darão início a uma campanha, incentivando as pessoas que continuem doando sangue, afinal, os pacientes não tem culpa dessa medida, equivocada do ponto de vista da emissora, por parte do governo do estado. (Roni Viana) 

Bolsistas 

O Ministério Público Federal em Rondônia expediu recomendação para prefeitos e secretários de assistência social de 25 municípios para que verifiquem as pessoas cadastradas no programa Bolsa Família, do governo federal. O objetivo é identificar servidores públicos com salário incompatível e que estejam recebendo o benefício. Esses servidores terão que devolver o dinheiro recebido ao poder público. (Roni Viana) 

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube