24/06/2015

Energia

A energia elétrica deve ter um reajuste de 43,4% em 2015 fechado, informou o Banco Central nesta quarta-feira (24) por meio do relatório de inflação do segundo trimestre deste ano. A última previsão do BC para o aumento da energia elétrica neste ano foi feita duas semanas atrás. Naquele momento, o BC previa um aumento menor: de 41% em 2015.
A estimativa de alta no preço da energia elétrica em 2015 reflete do repasse às tarifas do custo de operações de financiamento, contratadas em 2014, da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

O governo anunciou, no início deste ano, que não pretende mais fazer repasses à CDE – um fundo do setor por meio do qual são realizadas ações públicas – em 2015, antes estimados em R$ 9 bilhões. Com a decisão do governo, as contas de luz dos brasileiros podem sofrer em 2015, ao todo, aumentos ainda superiores aos registrados no ano passado. (G1) 

Evasão 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar a evasão fiscal no âmbito do Estado de Rondônia foi constituída e nomeada na Assembleia Legislativa. 

A CPI terá o prazo de 90 dias para a realização dos trabalhos. Sua composição é de cinco membros, e é integrada pelos deputados Leo Moraes (PTB), Jean Oliveira (PSDB), Laerte Gomes (PEN), Jesuíno Boabaid (PTdoB) e Aélcio da TV (PP).  

A CPi tem objetivo de investigar empresas que não cumprem com as obrigações tributárias no Estado. Em outro ponto, os deputados que assinaram o pedido de CPI destacam que “há outra questão que redunda no prejuízo direto a economia de Rondônia e que deve ser investigada, que é o incentivo fiscal”. (Roni Viana)

Cargos 

Esta sendo questionada na Assembleia Legislativa a proposta de criação de 76 cargos comissionados para atender as necessidades da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd), já que a empresa, segundo ele, trabalha no vermelho e não tem como custear mais essa despesa com pessoal. 
Para os deputados, “não me assusta a criação dos cargos, mas os valores atribuídos a cada um. No momento em que se cobra mais investimento na segurança pública, no sentido de coibir a violência, aporta aqui um projeto, de autoria do Poder Executivo, com essa proposta. É um descompasso. O dinheiro a ser destinado para os cargos em comissão daria para contratar mais policiais militares. Só um pequeno exemplo”. 

A Caerd vive uma crise financeira. “A empresa não consegue arrecadar R$ 10 milhões ao mês e desembolsa quase R$ 15 milhões por um mesmo período. Sempre trabalha no vermelho. “ (Roni Viana)

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube