25/06/2015

Mais um

E mais um pedido de impeachment, o terceiro desde o início da administração, o prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif (PSB), volta a ficar na mira da Câmara de Vereadores da Capital. No documento, o requerente, jornalista Carlos Caldeira, pede ao presidente da Casa, Jurandir Bengala (PT), o imediato afastamento do prefeito. Ele enviou cópia do pedido a todos os 21 vereadores do Legislativo Municipal. No documento, Carlos Caldeira enumera dois fatos de flagrantes irregularidade: a contratação de shows pela Funcultural que custaram mais de R$ 545 mil aos cofres públicos e a licitação emergencial para a contratação da empresa responsável pelo transporte público municipal. (Roni Viana)
 
Oportunidade

Universitários de Administração, Direito, Engenharia Civil, Informática e Jornalismo que tiverem completado mais de 40% da carga horária total do curso podem se inscrever no concurso de estágio do Ministério Público Federal. As 31 vagas são para Porto Velho (todas as áreas) e para Vilhena (curso de Direito). A comprovação da carga horária será feita por meio de documento emitido pela instituição de ensino e deverá ocorrer no momento da inscrição. As inscrições começaram nesta segunda-feira, 22 de junho, e seguem até 20 de julho. (assessoria)
  
Habeas Corpus

E um fato curioso está dando o que falar nos meios políticos agora a tarde. Um homem, que a princípio não teria ligações com o ex-presidente Lula, teve a ideia de registrar um habeas corpus (HC) para que o ex-presidente não seja preso na Operação Lava Jato. Morador de Campinas (SP), que não é advogado, mas tem fixação por processos jurídicos, Maurício Ramos Thomaz, disse que um amigo perguntou se Lula tinha chances de ser preso e ele decidiu tomar providências para tentar evitar que isso aconteça. O Habeas Corpus foi aceito pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. (G1)

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube