21/07/2015

Estranho

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, solicitou ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, esclarecimentos sobre a citação ao nome do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no depoimento de um dos delatores do esquema de corrupção. Lewandowski quer ouvir as explicações do magistrado da Justiça Federal do Paraná antes de analisar o pedido do presidente da Câmara para que o processo em que ele é citado seja encaminhado à Suprema Corte. (G1) 
Esquisito

Nesta segunda (20), depois de romper com o governo por acusar o Palácio do Planalto de ter articulado a versão do delator, questionou a atuação de Sérgio Moro no processo em que ele é citado. O peemedebista reivindica que a ação seja remetida ao STF.

A alegação de Cunha é de que o juiz federal feriu a competência do Supremo ao investigá-lo, uma vez que deputado federal só pode ser alvo de apuração com aval dos ministros da mais alta corte do país. (G1) 

Disforme 

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), marcou para o dia 6 de agosto a instalação comissão parlamentar de inquérito que investigará contratos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O requerimento que autoriza a criação da CPI foi lido na última sexta, horas depois de Cunha anunciar rompimento com Palácio do Planalto.

Cunha determinou que os partidos indiquem até 5 de agosto os nomes dos 27 parlamentares que vão compor a comissão. A instalação, quando serão escolhidos presidente e relator, será no dia seguinte pela manhã, segundo a Secretaria-Geral da Câmara. (G1) 

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube