10/08/2015

Inflação 

A inflação da construção perdeu força em julho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador ficou em 0,69% no mês passado, ante 0,73% em junho. O recuo foi puxado pela alta menor nos custos da mão de obra, de 0,87% – em junho, a alta havia ficado em 1,08%.
De janeiro a julho deste ano, o resultado ficou em 3,86%. Nos últimos 12 meses, a taxa ficou em 5,77%, acima dos 5,66% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em julho de 2014 o índice foi de 0,58%. (G1) 

Balanço

A Petrobras registrou seu sétimo pior resultado trimestral desde 1999, segundo levantamento da consultoria Economatica, divulgado um dia depois da divulgação do balanço da estatal, que mostrou um lucro líquido de R$ 531 milhões no segundo trimestre de 2015. O resultado é quase 90% menor que no mesmo período do ano passado, quando lucrou R$ 4,959 bilhões.

De acordo com a pesquisa, o pior resultado foi registrado no quarto trimestre de 2014, quando a empresa teve prejuízo de R$ 26,6 bilhões. (R7)

Barreira  

A presidente Dilma Rousseff chamou ao Palácio do Planalto nesta quinta-feira (6) o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), para tentar barrar a aprovação no Senado do projeto aprovado pela Câmara que vincula os salários das carreiras da Advocacia-Geral da União e de delegados civis e federais a 90,25% do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Atualmente o salário dos ministros do STF, que representa o teto do funcionalismo público, é de R$ 33,7 mil. Com a vinculação em 90,25%, a remuneração das carreiras citadas na proposta de emenda à Constituição passará a ser de R$ 30,4 mil, valor próximo ao da presidente da República – R$ 30,9 mil. Segundo o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o impacto da PEC será de R$ 2,4 bilhões nas contas públicas. (Agência Senado) 

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube