21/10/2015

Motim

Após o motim no presídio Urso Branco, em Porto Velho, o diretor da unidade, Célio Luís de Lima, foi afastado do cargo. Isso ocorreu para que a Comissão Estadual de Direitos Humanos e a Defensoria Pública acompanhem a apuração de possíveis maus-tratos relatados por apenados.
 
Mudança

O gerente regional do Sistema Prisional da Secretaria de Justiça de Rondônia (Sejus), Adriano Fortunato, dá continuidade às rotinas administrativas. A escolha de um oficial da Polícia Militar para atuar como interventor, pelo prazo de 30 dias, deverá ser anunciada nesta semana pelos integrantes do Gabinete de Gerenciamento de Crise.

Reforma

De acordo a Sejus, todos os presos retornaram às celas, procedimento que foi acompanhado, inclusive, por representantes da Comissão dos Direitos Humanos e deputados estaduais. Os presos foram recolhidos aos quatro blocos do sistema “seguro”, com quatro celas cada. Pelo menos 30 presos, dos cerca de 80 que participaram do motim, foram transferidos na segunda-feira (19) para a Penitenciária Edvan Mariano Rosendo, Panda, e outros mantidos na quadra de esportes até a reconstrução das primeiras celas para onde retornarão. (Assessoria) 

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube