07/12/2015

Tomada

Uma tomada de contas especial (TCE) instaurada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) contra Divino Cardoso Campos e Sueli Alves Aragão, ex-prefeitos de Cacoal, em razão de supostas irregularidades na execução das obras financiadas por meio do convênio PG-115/98-00, foi analisada em maio deste ano pelo Tribunal de Contas da União (TCU).
Contas

O objeto desse acordo foi a construção de vias marginais no perímetro urbano de Cacoal, às margens da BR-364, com repasses federais de R$ 5,37 milhões.
A tomada de contas especial em questão teve origem em ações de controle coordenadas pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pelo Departamento de Polícia Federal com o objetivo de avaliar a aplicação de recursos federais repassados a diversos municípios do Estado de Rondônia para realização de obras rodoviárias.

Auditoria

O Tribunal de Contas da União, em face dos indícios de danos ao erário em diversas obras, determinou, por meio de acórdão, a formação de processos específicos para apuração das falhas anotadas em cada convênio e deve divulgar os resultados das auditorias por meio de publicação em diário oficial. (assessoria TCE)

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube