22/03/2016

Projeto de lei no Senado visa acabar com contribuição obrigatória do trabalhador para sindicatos – CPI pode ser criada na Câmara em Vilhena para investigar denuncias sobre funcionários fantasmas – Ex prefeito de Buritis e vereadores envolvidos em corrupção.

Todo ano, no mês de março, o valor equivalente a um dia de trabalho é descontado do salário de empregados com carteira assinada e de servidores públicos. Trata-se de uma contribuição obrigatória repassada aos sindicatos, para auxiliar no custeio de suas atividades. Vale para todos, filiados ou não às entidades representativas.


A obrigatoriedade da contribuição, no entanto, pode acabar: está em discussão no Senado a PEC 36/2013, que retira da Constituição o dispositivo que estabelece essa cobrança. 

Uma CPI está sendo articulada na Câmara de Vilhena para apurar o descontrole financeiro do município e denúncias do sindicato da categoria sobre possíveis “fantasmas” entre os mais de 800 comissionados que consomem R$ 1,4 milhões da folha.

Vale lembrar que nos últimos dias tem havido uma avalanche de problemas relacionados ao setor público daquele município e uma greve acabou sendo deflagrada por servidores públicos municipais, cerca de 700 servidores cruzaram os braços na semana passada. “A situação de hoje em Vilhena é de que a saúde voltou ao trabalho, mas a educação permanece paralizada.”

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Centro de Atividades Extrajudiciais (CAEX), do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e da Promotoria de Justiça de Buritis, ofereceu denúncia ao Judiciário nesta sexta-feira, 18 de março, contra 35 envolvidos na Operação Perfídia.

Entre os denunciados estão o ex-prefeito do município de Buritis, Antônio Corrêa de Lima, e seis vereadores, já afastados do cargo pela Câmara Municipal da cidade, que vão responder pelos crimes de formação de organização criminosa, peculato, corrupção ativa e passiva e fraude licitatória.

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube