22/03/2016

José Serra afirma que em caso de impeachment, o Vice Presidente Michel Temer deve assumir compromissos com a oposição – Lula ainda é considerado Ministro segundo o Diário Oficial da União – Receita Federal atualiza números de declarações já feitas em Rondônia.


O senador José Serra (PSDB-SP) afirmou, em entrevista exclusiva que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) deve assumir compromissos com a oposição e com o País caso Dilma Rousseff seja afastada da Presidência. Para o tucano, o vice tem de se comprometer a não concorrer à reeleição, não interferir nas disputas municipais deste ano, não promover uma caça às bruxas e montar um Ministério “surpreendente”.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ainda é o ministro chefe da Casa Civil. Pelo menos é o que consta ainda no expediente do Diário Oficial da União. Segundo o Extra, o nome do petista aparece na identificação do cargo, na página 2 da publicação que circula nesta-segunda-feira (21), três dias depois da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, de ter suspendido a posse de Lula. De acordo com a assessoria de imprensa da Casa Civil, não há razões para retirar o nome de Lula da publicação, já que a suspensão do ex-presidente da função ministerial é, por enquanto, momentânea, e por causa de liminar sem caráter definitivo.  

A Receita Federal, até ontem (20), às 23h59, um total de 37.300 declarações em todo o Estado de Rondônia, o que equivale a 18,65% do esperado para esse ano que é de 200 mil documentos. A entrega até agora é menor que a do ano passado na mesma época que foi de 40.596 declarações, informa a Delegacia da Receita Federal em Porto Velho.

O prazo iniciou no último dia 1º de março e vai até o dia 29 de abril

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube