18/05/2017

BRASIL Os donos do frigorífico JBS, Joesley e Wesley Batista, disseram em delação premiada à Procuradoria-Geral da República que gravaram o presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, depois que ele foi preso na operação Lava Jato. Em gravação apresentada como prova, o empresário diz a Michel Temer que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro, uma mesada para que permanecessem calados na prisão. O senador Aécio Neves também foi gravado pelo dono da JBS pedindo ao empresário R$ 2 milhões, e justifica que o pedido da quantia seria para pagar sua defesa na Lava Jato. Aécio Neves foi afastado pelo Supremo Tribunal Federal e agora pela manhã, seu gabinete e endereços em Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro são alvos de buscas da Polícia Federal, contra a irmã de Aecio, há um mandado de prisão.
 
RONDÔNIA Três pessoas foram presas ontem em Cacoal por tráfico de drogas. No estado, dos mais de 9 mil presos no sistema prisional, mais de 2 mil e 400 são por tráfico de drogas, o que corresponde a quase 30% da população carcerária.

CACOAL Acontecerá hoje a partir das 19h00min no plenário da câmara municipal de Cacoal, uma audiência pública aberta a população para se discutir o plano municipal de mobilidade urbana, onde serão apresentados os dados da pesquisa de mobilidade e consulta pública, e coletadas sugestões da população para colaborar na elaboração do plano. O convite é aberto a todos os que se interessarem.

Jarmênio Campos 
DRT 0000777/MS 
Jornalismo Clube FM 90.3 

Curta! a Clube no Facebook

Clipe da Semana na CLube

Naiara Azevedo Ft. Maiara e Maraisa - 50 Reais

Deixe o seu Recado na Clube